sexta-feira, 21 de outubro de 2016

Desabafo



Parece que está cada vez mais difícil achar homens dentro da igreja, que estejam à altura daquilo que algumas mulheres necessitam... Taxam isso, de exigência. Não é exigência. Não dá, simplesmente, pra você se diminuir com o objetivo tacanho de caber na cabecinha imatura, machista e inexperiente desses homens. É realmente complicado... Acredito que um homem deve ser tão inteligente ou mais do que a mulher. Eu particularmente, geralmente prefiro pessoas que me superem... Você nasceu na igreja, já foi ativa em um ou mais ministérios, conhece a Bíblia, o Espírito de Profecia... Mas também conheceu o lado de fora...

E daí você volta... E volta às vezes com uma bagagem do tamanho do Maracanã... Por causa de dificuldades de nível extremo, enfrentadas dentro e fora da igreja... Se nunca se encaixou na sua igrejinha legalista de infância, você vai ter que se mudar para uma maior... E graças a Deus estão surgindo algumas igrejas mais modernas, voltadas para um público com mente mais secular, contemporânea... O problema, é que a grande maioria das igrejas adventistas não são assim... E quem não mora numa cidade grande, sofre com isso...

A sensação é de deslocamento, tanto dentro quanto fora da igreja... Porque você conhece a Verdade, sabe que o mundo é ilusão, mas não se sente totalmente acolhida e compreendida, dentro dela... Parece que sempre falta alguma coisa... Ainda mais se você foi premiada com uma cabeça que sempre destoou dos moldes ditos cristãos... Digo ditos, porque nem sempre aquilo que é chamado de cristão, é na verdade cristão... Às vezes são tradições humanas... Seguidas e ensinadas para se aceitar sem questionar... Coitada daquela que vai em direção à contra-mão...

E você uma hora cansa, sabe...? Entra em crise... Porque quer Jesus, precisa de Jesus, mas não encontra Jesus aonde Ele deveria estar... Sou consciente da minha condição pecaminosa... É exatamente por isso que preciso de Jesus... Se não fosse pecadora, teria sido eu que teria vindo a este mundo pra morrer crucificada pela raça humana, não...?

Enfim... Não é fácil... Parece que não há lugar pra você... Existem, claro, pessoas excelentes, que tentam ajudar... Mas o povo não consegue... Ou pelo menos a maioria... Me lembra uma frase dita num sermão recente: “Se você está cansado dos sermões que pregam na igreja, talvez já esteja na hora de pregar os seus próprios sermões...” Mas é como o trecho de uma poesia de uma amiga virtual, da qual nunca mais me esqueci...:


“Cada vez que tento subir a montanha
O vento sopra contra mim
Arranca pedaços de mim
E a brisa espalha-os sobre os céus.
  
Algures pelo caminho tento consertar-me 
Juntar os pedaços que insensivelmente
Me foram arrancados e roubados
Mas ficam sempre marcas do fado...”



Com relação a homens, ou você dá uma de mãe e carrega um filho crescido nas costas, ou fica sozinha... rsrs... Simples... 
E tem aqueles que sobem no púlpito pra falar mal da onda de “boiolinhas” que estão crescendo dentro da igreja... Mas eu pergunto: Onde estão os sensíveis, delicados, respeitosos...? E belos também...! Onde estão os belos...? Esse machão que falou isso era feio, gente! Discurpa!!!

Será que não dá pra ser homem, do sexo masculino, forte, protetor e ao mesmo tempo sensível e delicado...? Respeitoso... E belo...? kkkk... Aonde estão esses homens, gente...?! Parecidos com Jesus...? Que gostava de flor, de criança... Que tinha sensibilidade com as mulheres (que na época nem eram consideradas...!!!)

Aí os mais sábios vêm dizer que não se deve namorar homem de fora da igreja... Mas será que todos os sensíveis estão lá fora ou fazem parte da onda de “boiolinhas” da igreja...? Céus!!!

E vocês se admiram ainda que as mulheres tão chegando de luva de boxe ou faca na mão pra massacrar certos tipos...?

Pense...



Rosely T. Sales