quarta-feira, 9 de agosto de 2017

Mulher Maravilha



Um dos filmes mais legais que já vi: Mulher Maravilha... Sua beleza... Sua inteligência... Sua força interior e exterior... Seus talentos, habilidades, cultura.... A parte que ela de repente para, encantada, com um bebê; criaturinha que talvez no seu mundo, nunca tenha visto... Seu coração que se condói com o sofrimento de outras pessoas... Suas explicações espontaneamente feministas: O cara acha que pode ensinar-lhe algo sobre sexo, quando ela já nasce com o poder... kkkkk... Fora a cena incrível do beijo...

Você sai do cinema, identificada, mas também querendo ser essa heroína... Com seu laço que expreme as pessoas até contarem a verdade... rsrs... E com seus invencíveis braceletes, cujos punhos incrivelmente ágeis, desviam e amortecem todos os tiros na velocidade da luz (Preciso dessas jóias, pra desviar um monte de gente...). Ela é uma amazona!!! Ela pode qualquer coisa!!! Até o diabo, ela derrota!

Acredito que existam, na realidade, muitas Mulheres Maravilha no nosso mundo... Acredito que todas somos... Mas a verdade é que somos todas mortais... Pobres mortais... Nessa guerra entre o bem e o mal, precisamos do poder de Cristo, para vencer... Essa conversa de: "Descubra o Deus que existe em você", não existe... De fato, a história da Mulher Maravilha, é a história de Cristo, recheada de fantasia e erros teológicos... (Quando saí do cinema eu já sabia que o Michelson iria comentar isso...).

Enfim... A realidade dura da vida, é diferente... Não existe fantasia... Só na cabeça da gente... O tal do auto-fluxo, que o Augusto Cury tanto fala... Que não nos deixa morrer de tédio, solidão e angústia existencial...

A verdade é que muitas mulheres têm suportado tanta porrada, pancada, surra, que têm morrido... Ou sobrevivido com sequelas físicas, mentais e/ou emocionais... Muitas mulheres têm suportado tanto abuso de pais, namorados, maridos, que têm morrido para a vida... Enterrado seus sonhos... Muitas mulheres têm suportado tantas pressões e perseguições na família, na igreja, no trabalho, na sociedade, que têm embrutecido, enlouquecido, adoecido... Têm perdido até a beleza interior e exterior... Têm passado por depressões, ansiedades, loucuras e tido suas capacidades mentais e emocionais, comprometidas... Muitas mulheres têm perdido até a fé... Por causa de membros e pastores, usados não por Deus, mas pelo inimigo... Muitas mulheres têm suportado o que muito homem, não teria capacidade pra suportar...

Por isso, me revolta, quando muitas vezes um idiota comenta coisas do tipo:

“...Ficou amarga...”
“...Você tá ficando igual sua mãe...”
“...Parece uma bruxa...”
“...Isso é falta de macho...”
“...Se acha mas não tem nem bunda...”
“...Não serve pra nada...”
“...É uma vagabunda...”
“...É sapatão...”
“...Você reclama demais...”

São só alguns exemplos...

Revolta ouvir, ver e sentir tanta covardia, tanta falta de sensibilidade e compreensão...

Agora... O pior é que quando uma mulher faz igual, com os homens, parece que é mil vezes mais criticada... Mil vezes mais mal falada... Mil vezes mais vítima de oposição... Mil vezes mais levadas a crer, que são culpadas por sentir, falar e agir dessa ou daquela forma... Como se esses homenzinhos, fossem de cristal...

Muita gente nem sonha, o que pode esconder-se atrás de um sorriso... Mais... Muitas vezes as pessoas com o sorriso mais bonito, supreendentemente são, as que mais sofreram... O mundo só se toca quando esse sorriso desaparece... E dá lugar a um rosto triste ou cheio de ira...


“Não aceite críticas de quem não conhece suas lutas”



Rosely T. Sales